As ideias sobre preservação no início do século XX em países de língua alemã: algumas lições para o Brasil de hoje

  • Beatriz Mugayar Kühl

Resumen

Este artigo tem por objetivo analisar propostas contidas nos textos de Riegl, Dehio e Dvořák traduzidos neste número da revista que são de interesse para o ambiente brasileiro hoje. Para tanto, a forma como os escritos desses autores são apreendidos no Brasil é apresentada de maneira sucinta, para depois pontuar temas que emergem de sua leitura que permanecem atuais e que podem encontrar repercussões em outros contextos culturais. Entre eles podem ser citadas as seguintes questões, que estruturam os subitens deste artigo: problemas no modo de utilizar referenciais teóricos da preservação; a tensão conservação-restauro e as formas de intervir em bens culturais; a atualidade dos perigos que ameaçam os bens culturais, como enunciados por Dvořák; a importância do ambiente em que os bens estão inseridos e a questão da paisagem. Apontando algumas convergências e divergencias entre os autores e ramificações no debate contemporâneo no Brasil, este artigo evidencia a importância de uma abordagem coerente, no método e nos critérios empregados, para guiar, do ponto de vista ético, as intervenções nos bens culturais.

Citas

Boito, Camillo (2002) Os restauradores, trad. Paulo M. Kühl e Beatriz M. Kühl, Ateliê Editorial, Cotia.

Brandi, Cesare (2004) Teoria da restauração, trad. Beatriz M. Kühl, Ateliê Editorial, Cotia.

Buls, Charles (1903) La restauration des monuments anciens, Weissenbruch, Bruxelles.

Carbonara, Giovanni (1997) Avvicinamento al restauro, Liguori, Napoli.

Choay, Françoise (2011) O patrimônio em questão, trad. João Gabriel Alves Domingos, Fino Traço, Belo Horizonte.

Cloquet, Louis (1901) “La restauration des monuments anciens”, Revue de l’art chrétien (XLIV): 498-503.

Dalla Negra, Ricardo (2017) “Architettura e preesistenza: quale centralità”, in: Marcello Balzani, Ricardo Dalla Negra (a cura di), Architettura e preesistenze, Skira, Milano, pp. 34-65.

D’Angelo, Paolo (2001) Estetica dela natura. Bellezza naturale, paesaggio, arte ambientale, Laterza, Roma.

Dehio, Georg (1995) “La protezione e la cura dei monumenti nell’Ottocento”, in: Sandro Scarrocchia (a cura di), Alois Riegl: teoría e prassi della conservazione dei monumenti, Accademia Clementina di Bologna, Bologna, pp. 347-357.

Dvořák, Max (2008) Catecismo da preservação de monumentos, trad. Valéria Alves Esteves Lima, Ateliê Editorial, Cotia.

Fernandes, Fernanda (2016) “História, preservação e projeto. Entre passado e o futuro”, Vitruvius http://www.vitruvius.com.br/ revistas/read/arquitextos/17.195/6173] (consultado em 22 de agosto de 2017).

Kühl, Beatriz M. (2016) “Desconstruindo os preconceitos contra a restauração”, Revista Restauro (0) [http://web.revistarestauro.
com.br/desconstruindo-os-preconceitos-contra-a-restauracao/] (consultado em 1 de setembro de 2017).

Kühl, Beatriz M. (2017) “Questões contemporâneas de restauro: a viabilidade da restauração”, in: Rosío Fernández Baca Salcedo, Vladimir Benincasa (eds.) Questões contemporâneas. Patrimônio arquitetônico e urbano, Canal 6, Bauru.

Kühl, Paulo, Kühl, Beatriz (eds.) (2016) Quatremère de Quincy. Cartas a Miranda, Ateliê Editorial, Cotia.

La Cecla, Franco (2008) Contro l’architettura, Boringhieri, Torino.

Levy, Hannah (1941) “A propósito de três teorias sobre o barroco”, Revista do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (5): 259-284.

Muñoz Viñas, Salvador (2003) Teoría contemporánea de la restauración, Síntesis, Madrid.

Nakamuta, Adriana (ed.) (2010) Hannah Levy no Sphan: história da arte e patrimônio, Iphan, Rio de Janeiro.

Pane, Roberto (1987) Attualità e dialettica del restauro, Solfanelli, Chieti.

Pinelli, Antonio (1978-1979) “Storia dell’arte e cultura della tutela. Le ‘Lettres à Miranda’ di Quatremère de Quincy”, Ricerche di Storia dell’Arte, 1978-79 (8): 43-62.

Pommier, Édouard (1989) “La Révolution et le destin des oeuvres d’art”, in: Antoine Chrysostome Quatremère de Quincy, Lettres à Miranda sur le déplacement des monuments de l’art de l’Italie (1796), Macula, Paris, pp. 7-83.

Riegl, Alois (1995) “La legge di tutela dei monumento”, in: Sandro Scarrocchia (a cura di), Alois Riegl: teoria e prassi della
conservazione dei monumenti, Accademia Clementina di Bologna, Bologna, pp. 207-221.

Riegl, Alois (2006) O Culto Moderno dos Monumentos: sua essência e sua gênese, trad. Eliane Ribeiro Peixoto e Albertina
Vicentini, Editora da Universidade Católica de Goiás, Goiânia.

Riegl, Alois (2014) O culto moderno dos monumentos, trad. Werner Rothschild Davidsohn e Anat Falbel, Perspectiva, São Paulo.

Ruskin, John (2008) A lâmpada da memória, Ateliê Editorial, Cotia.

Salvo, Simona (2006) “Arranha-céu Pirelli: crônica de uma restauração”, Desígnio (6): 69-86.

Scarrocchia, Sandro (ed.) (1995) Alois Riegl: Teoria e prassi della conservazione dei monumenti, Accademia Clementina di
Bologna, Bologna.

Scarrocchia, Sandro (2006) Oltre la storia dell’arte: Alois Riegl vita e opere di un protagonista della cultura viennese, Christian Marinotti Edizioni, Milano.

Settis, Salvatore (2010) Paesaggio, costituzione, cemento, Einaudi, Torino.

Tafuri, Manfredo (1997) “Intervista a Baglione e Pedretti”, in: Bruno Pedretti (a cura di), Il progetto del passato, Mondadori,
Milano, pp. 86-100.

Torsello, B. Paolo (2005) “Che cos’è il restauro?”, in: B. Paolo Torselo (a cura di), Che cos’è il restauro? Nove studiosi a confronto, Marsilio, Venezia, pp. 9-17.

Tschudi-Madsen, Stephan (1976) Restoration and anti-restoration, Universitetsforlaget, Oslo.

Varagnoli, Claudio (2007) “Antichi edifici, nuovi progetti”, in: Alberto Ferlenga, Eugenio Vassallo e Francesca Schellino (a cura di), Antico e nuovo. Architetture e architetture, Il Poligrafo, Padova, pp. 841-860.
Publicado
2018-09-27
Cómo citar
Mugayar Kühl, B. (2018). As ideias sobre preservação no início do século XX em países de língua alemã: algumas lições para o Brasil de hoje. Conversaciones Con., (5), 219-234. Recuperado a partir de http://revistas.inah.gob.mx/index.php/conversaciones/article/view/12643